Thursday, 23 November 2006

Tenho Miaufa...Mas não desisto!

Toda a minha vida adorei estar na praia: a nadar no mar, deitada na areia, apanhar sol, estar gira e bronzeada, Cheguei a ter alcunhas como peixinho, perereca (para quem não sabe é uma rã brasileira que nada muito bem e é mto despachada) e por alguns mais pitosgas de Sereia....e talvez por isso sempre tenha admirado o estilo de vida dos surfistas: A pinta, a cor, a descontração, o estilo, a vida de rebeldes mas sempre muito cools, os fisicos, a relação deles com o mar, etc. Ainda cheguei a pensar que era uma boa namorar com um, mas nunca calhou. Então decidi-me no ano passado tornar-me uma Surfista! Isso mesmo: ter uma lycra, um fato mto justiho, uma prancha mto colorida, umas roupas extremamente descontraidas e o cabelo despenteado ao vento, ir cedo para a praia, apanhar umas ondas, comer comida saudavel e ir para casa desfrutar o resto do fim de semana com um saborzinho a água do mar.

Mas o filme não foi esse, ao contrário de todos os desportos que pratiquei na minha vida, não nasci para o surf, para além de ter algumas dificuldades em me equilibrar em cima da prancha tenho os braços pequenos para transporta-la e para remar, já para não falar do Medo, Miaufa, como queiram chamar, que tenho das ondas, de meio metro, 1 metro....e principalmente das que estão para lá da espuma. Sim porque das 6 vezes que fui fazer surf como não consegui ultrapassar o meu medo das ondas nunca consegui ultrapassar a espuma...uma vergonha...mas estou-me nas tintas (fiz um esforço para não dizer estou-me a cagar) porque apesar da minha incompatibilidade com o desporto eu divirto-me imenso. Por isso o saborzinho que levo a água do mar é dos pirolitos que engulo enquanto sou enrrolada pela espuma do mar, que mais tarde tento disfarçar com o sabor de um hamburger com batatas fritas e claro com a bela da Coca-Cola.

Há mais um pequeno problema, alias 2. Como faço muita coisa durante a semana estou sempre exausta e não consigo acordar cedo no fim de semana. e no Inverno eu MORRO, CONGELO de frio e não me imagino a ficar semi nua numa praia para vestir e despir o fato molhado, até já pensei sair de casa para a praia já com o fato vestido, mas ainda não descobri como volto com ele molhado para casa...
Para não pensarem que criei este Blog para me deitar abaixo escrevendo Posts sobre as minhas nabices, e dias de neura, digo-vos que tanto a lycra como o fato de surf, como as roupitas descontraidas ficam-me a matar principalmente com os meus caracois ao vento e que até entrar na água todos pensam que sou uma verdadeira Surf Girl...




As Coisas Por Aqui Vão Mudar!

Ontem um amigo meu visitou o meu Blog e achou que estava muito incompleto, faltavam os milhares de post que eu já podia ter posto sobres as milhares de actividades que tenho.
E isso que vou fazer agora!
Aproveito para anunciar que vou criar mais 2 Blogs a juntar aos outros 2 que já tenho:
1º Blog - esqueci-me dos Usersnames...passwords, por isso anda perdido e sozinho no blogspot
2º Blog - é este que estão a ler
3º Blog - um a Vender os meus Quadros
4º Blog - e por ultimo sobre o meu fututo negócio de Consultoria de Imagem.
Não se preocupem que quando estiverem activos e bonitos eu faço o Anuncio via messenger/ Email.

Friday, 17 November 2006

Venho pedir publicamente desculpa ao meu namorado Luis RR pela gravissima gafe que cometi no meu post "Its my party and I cry if I want to" por não ter especificado que no ano passado a razão de tanta felicidade no meu dia de anos deveu-se a ele, porque foi a unica pessoa que teve a coragem de me organizar uma festa surpresa, já para nem falar dos fantasticos presentes que me deu: um placard com uma montagem fantastica das minhas melhores fotos; flores; e uma viagem a NY que foi maravilhosa.
Este ano voltou a surpreender-me com um KIT completissimo de maquilhagem, agora sim pareço uma maquilhadora profissional ;). Obrigada meu querido adoro-te mto.

Thursday, 16 November 2006

It's my party and I cry if I want to

Ontem no dia 15 de Novembro fiz anos, alias como tem vindo a acontecer à 32 anos. Penso que isto é um mal que nasce com todas as pessoas e é por isso que ficamos mais velhos todos os anos, todos os meses, todos os dias, todas as horas, todos os minutos e segundos.
Mas eu nasci com um outro problema...não há conhecimento, pelo menos desde 1974, de um dia 15 de Novembro com Sol, só me recordo das inundações...alias revejam esta ultima semana:
Segunda-feira: Céu limpo e temperatura mto agradavel principalemente para esta época do ano
Terça-feira: Céu limpo e temperatura mto agradavel para véspera de dia 15/11
Quarta-feira: Não saiam de casa sem a gabardine, galochas e o barco porque o tempo vai estar uma merda!
Quinta-feira: Céu completamente limpo, azul e nem parece que choveu horrores na véspera.
Só pode ser de propósito!!! E depois lá aparece o mau feitiu, sim porque eu sou feliz com o Sol, com o bom tempo, sou mulher da natureza, campo ou praia, e a chuva no meu dia de anos deprime-me lembra-me das pessoas que perdi, das que nunca cheguei a ter, das que eu quero acreditar que tenho e que tb não tenho, dos que se esqueceram de me dar os parabéns, dos que compraram presentes só porque tinham que dar qualquer coisita, do desespero de andar atrás dos supostos amigos para confirmar a presença no jantar de anos. O dia de anos é único dia que é suposto ser nosso, ser especial em 365 ou 366 dias. Bullshit venderam-me esta história em criança. O aniversário é uma treta e só tem sido motivo para eu ter pelo menos um dia horrivel por ano. Mas a culpa é toda minha, idealizo, sonho e depois nada corresponde, não consigo relaxar, "go with the wind" é tudo um stress uma complicação e isto porque? porque no meu dia de anos tento agradar a todos...menos a mim.
Em 32 anos lembro-me com carinho de 3 datas de aniversário:
1º foi no Brasil em que os visinhos do meu prédio organizaram-me uma festa surpresa, conhecia apenas o meu irmão, recebi presentes de todos e fui o centro das atenções...adorei
2º foi nos meus 30 anos em que fiz um jantar e foi toda a gente, e todos queriam estar comigo! foi o máximo, ainda consegui fazer uma exibição de dança do ventre, correu lindamente, alias como se pode ver na foto em anexo.
3º foi no ano passado, no meu primeiro ano de namoro com o Luis. Ele organizou-me uma festa surpresa...e foi mesmo, nem queria acreditar, neste dia chorei mas de felicidade, alguém se tinha dado a tanto trabalho por mim. Diverti-me imenso. (momento de Oscar: Gostava de agradecer ao Luis, à minha familia e aos meu amigos que naquele dia conseguiram-se comportar como amigos)
Quanto a este ano já passou e passou-se...eu não estava bem, não me sentia bem, não atraí energias positivas, e nem consegui estar feliz pelo facto de fazer anos, até me esqueci durante o dia que fazia anos...será que cresci? será que passei a ser um adulto e passei ao estado chato? Será que é medo de ficar velha? acho que não...nem quero pensar nisso. Vou culpar o S. Pedro e a linda chuva que me mandou, o brilhante céu preto, e os leves ventos ciclónicos, mas de uma coisa me posso orgulhar, eu ontem não chorei...estive quase...mas não chorei.




Sou um desespero Cibernáutico


Infelizmente este é o meu segundo Blog, isto porque ficou provado que eu não nasci para ser independente informaticamente. Quis fazer tudo sozinha e deu asneiras, quis mostrar que era capaz de criar, construir, alimentar um blog e falhei :( apesar de todos dizerem que era muito fácil. Só consegui escrever 1 único Post depois esqueci-me do user name da pass word etc...aliás esqueci-me de como entrar no blog, no gmail, no hotmail, e numa ou outra Newsletter que me pede códigos e mais códigos....e eu sei lá que códigos eu escolhi, porque às vezes pedem letras, outras números, depois álguns só podem ter até 6 digitos, e eu vou variando e depois puff..."varrese-me tudo" que horror que vergonha! Já para não dizer que antes inscrevia-me como Sofia, depois adoptei a minha alcunha Sofia Energia e qual não é o meu espanto, que quando recebo o email, aquele a relembrar a minha inscrição com os meus dados confidencias....eu usei Energia. Então hoje pus-me a pensar qual seria o meu problema cibernautico e cheguei às seguintes anomalias:
falta de concentração, insegurança, distração, imaginação a mais, e excesso de personalidades...é pá não há nenhum psicologo online, acho que a "ciber depression is born".
(até me admira como não tive que escrever este texto várias vezes....)