Sunday, 1 July 2007

UM PASSEIO PELA FLORESTA

Inauguro hoje, dia 2 de Julho, a minha 2ª exposição individual - "Um Passeio Pela Floresta" - cujo tema principal são as árvores . Com esta exposição pretendo fazer uma homenagem à Natureza, ajudando à sua preservação. Escolhi as árvores porque que para mim representam a Força, a Longevidade, a Diversidade, a Protecção.

Estão todos convidados a dar um passeio entre diferentes ambientes e realidades e a disfrutar de um serão agradável. Andem sempre pela sombra.

De Manhã e de Tarde (70 x 100)

Tela com acrílico e massa de modelar
Da Minha Janela Eu Vejo Uma...(70 x 100)
Tela com acrílico e massa de modelar

Dias de Outono (70 x 100)
Tela com Graffities, tinta acrílica e massa de modelar

Laranja Nocturna (60 x 90)

Tela com tinta acrílica e massa de modelar
Depois do Amor...a Eternidade (60 x 90)
Tela com graffitie, acrílico e massa de modelar

Árvore Vermelha sobre Riscas (70 x 100)
Tela com tinta acrílica e massa de modelar

De Noite (60 x 90)

Tela com tinta acrílica e massa de modelar
Técnica: aerógrafo

Passeio no Parque (60 x 90)

Tela com tinta acrílica, massa de modelar e bonecos de maquete

De Ouro (60 x 90)

Tela com tinta acrílica, massa de modelar e brilhantes

De Ferro (60 x 90)

Tela com tinta acrílica, massa de modelar e parafusos

Cool Jeans (70 x 100)

Tela com remendos de ganga, acessórios e massa de modelar

Impressionista (60 x 100)

Tela com tinta acrílica e massa de modelar
Técnica: pintado com os dedos
De Madrugada Numa Manhã de Outono (60 x 90)
Tela com tinta acrílica, massa de modelar e brilhantes
Sem Titulo (60 x 90)
Tela com tinta acrílica e massa de modelar
Técnica: aerógrafo

Auto-Retrato
Por encomenda

Tuesday, 8 May 2007

Tempos de Insegurança e Incertezas

Meus caros e queridos amigos,
Ainda não sei como vocês não desistiram de ler o meu blog, porque isto parece mais uma cidade fantasma, só faltam os rolos de palha a circular pela rua principal ao sabor do vento frio e deshumano.
Agradeço a todos as motivações que me deram e nunca terem deixado de me espicaçar para escrever mais um post.
É um privilêgio para mim ter pessoas que leiam o que escrevo pois não sou propriamente um suprasumo na materia, e todas as críticas positivas que fizeram à minha pessoa foram recebidas com muito carinho e humildade. (este post parece mais um discurso no dia dos Oscars).
Acho que chegou o momento de explicar a todos a minha ausência. Sem dúvida sou uma mulher muito ocupada: trabalho, Luís, familia, cães, salsa, coro, maquilhagens, fotografia, amigos, etc. Mas infelizmente não tenho passado tempos felizes e descontraídos, vivo numa incerteza profissional e pessoal. O facto de não sabermos o dia de amanhã é bastante desgastante. Sinto-me muito desmotivada e acho que estou a chegar ao meu limite, não me sinto necessária em nada que participo, se me for embora ninguem vai sentir a minha falta, profissional, salseira, coralista! Não me tem apetecido fazer muito, e o que faço é porque me obrigo, pois não quero voltar a "arrastar-me" como aconteceu há 4 anos atrás. Não vou deixar que me deitem a baixo! Estou a escrever este post na esperança de me sentir mais forte. Um dia vou poder contar a todos o que estou a passar e todos vão entender que não é fácil. Eu luto diáriamente para ser uma pessoa melhor (melhor não é mais boazinha, sou bastante humana mas justa...não vou em chorinhos), que cometa menos erros, seja mais racional, profissional, sem abandonar os seus princípios, sentimentos, esperanças e sonhos...e um dia puuufff tudo desaparece, perdemos tudo e ficamos que nem Robison Crusue na ilha sozinho e isolado (isto antes de aparecer o sexta-feira). É obvio que estou a dramatizar um bocadinho, não me comparo sequer a certas pessoas que parece que nasceram para sofrer...há realmente mta desgraça no mundo e que muitos portugueses não têm noção! Talvez por isso nos queixemos de barriga cheia não estamos habituado aos dissabores da vida. Sou uma pessoa medrosa: tenho medo de sofrer porque não faço, tenho medo de sofrer porque fiz, tenho medo que os outros sofram pelo que fiz e não fiz....:)...hoje é mesmo dia não, mas já começo a sentir alguma firmeza interior, acho que este post já está a resultar...alias vou telefonar a um contacto para marcar uma reunião...cruzem os dedos ;) porque vou à luta!!
Obrigada por me lerem

Monday, 9 April 2007

Frustação

Vocês não vao acreditar no que me aconteceu, a mim não admirada nada, alias até estava espantada como não me tinha acontecido antes.
Estava a escrever um novo Post, que não era nada mais nada menos que o meu melhor Post e quando estava a rele-lo resolvi tocar num botão que não conhecia antes de o gravar e "puft", milhares de palavras, sentimentos, comentários, pensamentos, perderam-se no espaço cibernáutico, 1h30 hora da minha vida a escrever para nada ainda por cima estava tão engraçada, quase hilariante...estou tão triste que até já chorei de raiva. Devia estar a tentar recuperar alguns dos raciocionios, mas não me apetece pensar mais nele, apetece-me cruzar os braços e fazer beicinho.
Hoje estou inspirada e amanhã? não se esqueçam que já não escrevia há uns 4 meses...isso quer dizer muita coisa não acham?
beijinhos secos até breve